Nesta quinta-feira (2), Mano Brown (ou sua equipe) respondeu, através de perfil oficial no Twitter, às críticas feitas pelo cantor Lobão em seu novo livro.

De acordo com o Vírgula, Lobão escreveu: “O rap e o hip hop viraram um órgão de propaganda das ideias medíocres e revanchistas do PT, com a sua maior expressão, os Racionais MCs virou uma ridícula caricatura de toda esta doutrina (…) São efifanias de Mano Brown, abrandar clichês anacrônicos a convocar o terrorrismo explícito (…) Exatamente como era de se esperar de um papagaio piegas e recalcado. O tão chamado idiota útil”.

Saiba mais:
– “Diário de um detento foi um hino pra mim”, afirmou Lobão a “falso Mano Brown”; ouça o trote completo!
– CQC arranja coro de “Afinou pro Mano Brown”, irrita Lobão e cantor ameaça processo.

Em uma sequência de tuítadas, Mano Brown questionou a opinião do cantor, pois este não o conhece e acredita que as ações dele são, basicamente, para vender seu novo livro.

Conheci o Lobão em 1996. Cumprimentei e depois disso nunca mais o vi. Sinceramente, não tenho o que falar da pessoa dele. Estranho o Lobão falar de mim sem nunca ter me conhecido. Não entendo a postura dele agora. Ele que pregava a ética e rebeldia, age como uma puta pra vender livro. Nos anos 80, as ideias dele não fizeram a diferença para a gente aqui da favela. Ninguém é obrigado a concordar com ninguém, nem ele comigo. Lobão está sendo leviano e desinformado. Tô sempre no Rio de Janeiro, se ele quiser resolver como homem, demorô! Do jeito que aprendi aqui.

Como bem lembrou o Vírgula, tanto Lobão quanto o Racionais MC’s se apresentarão na Virada Cultural de São Paulo.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*