Shawlin em A Área

A quebrada é sagrada para a maioria dos rappers. Por que com o Shawlin seria diferente?

Acho que a parada mais louca sobre o som é a simplicidade da temática e assim consequentemente a proximidade com a realidade de cada um dos que o ouvem.

Todo mundo tem aquele lugar de conforto, que mesmo com seus problemas torna-se um local muito querido e importante na sua formação como pessoa.

No beat sempre destacável do Papatinho, Shaw fala sobre essas peculiaridades em referência à sua própria área, desde a vizinha que fala demais até os amigos da Kombi que aceitam um fiado pros chegados.

Com as imagens da rodinha na mesa do bar e das festas de quebrada, Shaw alinha o clipe com a ideia apresentada na música. Muito louco pros fãs do rapper poderem vê-lo fazendo atividades comuns, como eles mesmos fariam, a parada da identificação que falei antes.

Muito interessante também a de pegar um clipe que fala sobre a quebrada, sobre aqueles parceiros que tão contigo há muito tempo, pra falar dos malucos que surgem do nada e que você nem sabe de onde são, uma provável referência aos fãs que tentam contato pela internet e, mais diretamente, pelas mídias sociais.

Algumas pessoas reclamaram da velocidade das imagens, mas não me pareceram rápidas o suficiente pra causar qualquer tipo de irritação. Pelo contrário, permitem mostrar muito mais detalhes da “área” e acompanham toda movimentação que a música faz referência.

Levando em consideração que ele é carioca e a música fala sobre quebrada, foi um toque bem da hora de trazer rappers e músicos cariocas próximos a ele para o clipe.

Além do próprio Papatinho, quem vocês conseguiram identificar ali no clipe?

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*