De acordo com a programação inicial, hoje seria feita o lançamento e colocado para download o novo cd do rapper AXL, em colaboração com o beatmaker Skeeter, “Quando É Preciso Voltar“. Entretanto, por motivos não anunciados, eles decidiram adiar o lançamento para o dia 6 de julho, guardando pra hoje o lançamento do single “Não, mano!”, faixa 2 do novo cd.

Além de um beat pesado e um flow loco, AXL & Skeeter reservaram um sample especial para o refrão: a música Triunfo, do Emicida. Uma boa e importante influência do rapper do Cachoeira nos outros e principalmente novos MCs Brasileiros. A partir deste single e dos outros sons já lançados, podemos esperar um bom cd, tanto no quesito conteúdo quanto nos beats: AXL & Skeeter estão realmente mostrando a que vieram.

A letra disponível abaixo é cortesia dos próprios autores e está anexada ao download oficial.




Letra:

(Refrão – Sample Emicida)

Não, mano. Na-não, mano
Na-não, mano. Não to com os verme panguando.
Não, mano. Na-não, mano
Na-não, mano. Não to com os verme panguando. (2x)

Traça a meta no mapa o plano, cronograma, calma a grana vem
A dama trama na cama meu bem, como as gramas vendem também
Nem sempre o que ti chama convém, engana, a rua chama
Ao passar das horas aumentando o estoque da semana
De sentinela escutando o sample, aumentando o tempo, expansão do templo
Suor na camisa avisa sobre a contenção do vento, na curva
Sedução abusa a brisa é viúva de quem não suja as mãos e recusa, vai
Não ama o trabalho ele ti usa, carai
Então mano… vamo derrubar suor em campo os menino tão aprontando
Fazendo o que você não viu em anos
Sem folga, sem férias
O melhor aluno da matéria
(Quero ver trampar) Planejando os detalhes, vamo controlando os lugares
Coisa nossa, nosso assunto, obrigação dos titulares
A ponto X ponto L, pronto pro confronto se não faz então não interfere
Minha tropa eu monto, a sua reconsidere

(Refrão)

Pra levar, escutar na rua é 2
Onde você tá pra resolver é “Um, dois”
Tem 5 leva 3 meu troco volta depois
Faz “um dez”, foi, foi, foi
Mais de cinco mil e contando viu
Trampando, só os mano, só os mano
Na-não há inspiração sem trabalho, to no ar antes do horário
É necessário, meu time na rua é necessário
Vão, não me diga quantos tem, digo quantos são
Quantos vem na disposição, pra dominação
Funcionário do ano batendo a cota do mês
Sem dano, contando, contanto que agora é minha vez
Cinco álbuns em uma mixtape é o “Plano de Metas”
Só o começo da fase concreta
Recomeço da peça, aviso no poste, aviso da pose em alerta
No centrão, forte de mão em mão a tática é certa
Sem concorrências na cidade, desculpa
Sua falta de trabalho, não, não é minha culpa

Então mano, muito a se fazer
Então vamo, não pode parar se quiser crescer
Na-na-na-não mano
Enquanto existir os planos não damos as costas pro dever

Não, mano. Na-não, mano
Na-não, mano. Não to com os verme panguando.
Não, mano. Na-não, mano
Na-não, mano. Não to com os verme panguando.
Não, mano. Na-não, mano
Na-não, mano. Não to com os verme panguando.
Não, mano. Na-não, mano
Não, montando as track eu e os moleque tamo trampando.

Download Oficial

#vaiRAP

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*