Categoria

RAP

Notícias e novidades sobre o RAP Brasileiro.

Facção Central homenageia vítimas dos incêndios nas favelas no clipe “Colecionado de lágrimas”

por

Mesmo com alguns problemas pra manter o grupo e sem causar o mesmo arregaço do fim dos anos 90, começo dos 2000, o Facção Central ainda desperta o interesse dos fãs e ganhou um certo destaque com o recente lançamento do clipe “Colecionador de lágrimas”. Dirigido por Gera Cappadona e Cascão, do Trilha Sonora do Gueto, o trampo foca no esforço diário de um catador de itens recicláveis, que embora faça um trampo louvável e em auxílio ao meio ambiente, muitas vezes não é reconhecido pela população e até tirado, como no caso do vídeo. Como é comum nas produções do FC, a “opressão” ao trabalhador parte de um personagem que aparenta ser de uma classe social mais alta, ou seja, (…)

Fala mais

Mendez lança a música “Corre louco”

por

Na última quarta-feira (8), Mendez lançou a música “Corre louco”, que contou com a produção musical do Wzy. Como o título destaca, o som trata das atividades do dia a dia do MC, principalmente em relação ao RAP e como isso também afeta no seu lado pessoal. O bang é quentíssimo e tem que correr mesmo! “Corre louco” foi mixada pelo próprio Mendez. Abaixo cê confere a letra da música: Tamo no corre louco sempre na disposição As ruas nos protegem com os irmãos na contenção Vem com fé na vitória Se apega na glória De pé, e agora é a hora tiozão! (2x) Protegido desde 92 eu vim, pois aqui Onde um se esconde, um monte bota a cara (…)

Fala mais

Mano Brown pagou pelos seus erros (até demais); mas, e os policiais?

por

Quando você se envolve mais profundamente com o RAP, acompanhando o dia a dia, você passa a ser mais cético em relação à atitude dos rappers. Você não necessariamente deixa de ser fã, mas você definitivamente não fica os defendendo a torto e a direito. Definitivamente, não. Mesmo quando o nome envolvido é o do Mano Brown, um dos mais respeitados do RAP Brasileiro; só não é fã do Racionais quem tem treta pessoal com os caras. Fui dar uma olhada no que saiu sobre a sua detenção na última segunda (6) e o que me deixou mais espantado é que não se fala nada sobre a necessidade de investigação da ação policial. Noticia-se que ele tentou furar a blitz; que ele (…)

Fala mais

Karol Conká, Tropkillaz e Kondzilla “tombam” a sociedade em novo clipe

por

Vamos combinar, cê já tava esperando por um clipe assim há muito tempo. Mesmo em 2011, com “Gandaia”, Karol Conká já mostrava sua pré-disposição pra “tombar” geral. A música “Tombei” é praticamente um pleonasmo. E não poderia ser um mais forte; “subir pra cima” chega nem nos pés. Além de toda a energia da curitibana, ela ainda se juntou à dupla Tropkillaz, acostumada a tremer o chão pelo mundo todo, e ao diretor KondZilla, acostumado a mostrar todo tipo de agito, principalmente os dançantes do Funk brasileiro. Dança, cor, carros Lowrider, mais cor, sensualidade, mais dança e muuuito mais cor. Tudo que a gente já tá acostumado a ver nos trampos da Karol, e mais um pouco. “Nesta música, eu falo sobre (…)

Fala mais

Rashid revela 5 coisas que não sabíamos sobre o CD “Hora de acordar”, que completa 5 anos

por

Quando você fala “5 anos”, não parece muito tempo. Ainda mais logo na sequência de você acompanhar as comemorações de 25 anos do Racionais. Mas, quando você para pra pensar e vê quantas coisas passaram, parece que faz um século. Posso confirmar essa impressão, pois fiz esse exercício durante os últimos dias. Quando Rashid anunciou o show em comemoração aos 5 anos do CD “Hora de acordar” e lembrou, na última terça (31), a data exata do lançamento, um filme passou pela minha cabeça. Conheci o trampo do rapper pouco depois do lançamento e lembro até hoje de como eu sentia que os versos falavam comigo. Lembro que em algum momento escrevi aqui no site que ele era o “patinho feio” do trio formado (…)

Fala mais

Estudo mostra que escutar “In da club”, do 50 Cent, pode te ajudar a conseguir um trampo

por

A ligação do RAP com os negócios não é segredo pra ninguém. Os rappers não só parecem ter uma pré-disposição para o empreendedorismo, como também suas letras inspiram outros tantos empreendedores. Isso tornou o Hip Hop em uma ferramenta poderosíssima para o treinamento de gestores de grandes empresas e os rappers em modelos para quem quer empreender. E o poder do RAP vai ainda mais além. Um estudo recente da Society For Personality And Social Psychology mostrou que só de escutar a música, candidatos a vagas de trabalho se sentem mais confiantes em entrevistas. Tudo bem que isso não serve só para o RAP, mas para todas faixas que possuem um baixo pesado. O interessante é que a faixa “In da club”, do (…)

Fala mais

Inquérito zera o Showlivre com a melhor apresentação online que já vi

por

Falar o quanto a tecnologia influencia e impacta o dia a dia do RAP Brasileiro é chover no molhado. O bagulho se tornou tão presente que às vezes a gente nem se dá conta. Da produção de cada faixa até a venda do CD, tec, tec, tec e mais tec! Recentemente, no entanto, a porra ficou realmente séria. As apresentações online se tornaram tão comuns que eu não me espantaria em ver um novo rapper se popularizando na cena sem nunca ter saído de casa. Gostaria de ressaltar que usei a palavra “popularizando”. Ganhar popularidade é bem diferente de respeito; uma apresentação “lotada” no online nunca vai ser a mesma coisa que um show na rua. O comprometimento do espectador é bem diferente, a (…)

Fala mais

KLFDOGG, de Marília/SP, lança a música “Apenas lembranças”

por

Na última sexta-feira (27), KLFDOGG, de Marília/SP, lançou a música “Apenas lembranças”, produzida pelo DiogoRimaPaz. O som, como o título indica, traz algumas memórias do rapper, principalmente em relação à sua infância e a conturbada relação com o pai. – Faça o download oficial da música “Apenas lembranças”. “Apenas lembranças” integrará o CD “Informação é a chave”. “Através de uma informação,você consegue gerar um conhecimento sobre ela, e através desse conhecimento você cria uma idéia, e a partir dessa idéia  você cria um projeto e desse projeto você consegue mudar o mundo ou mudar a si mesmo”, explicou o MC. Abaixo cê confere a letra da música: https://www.youtube.com/watch?v=cHPhmnMgRgs Relembro do passado ainda continuo sentimento uma dor Vida muito sofrida no passado (…)

Fala mais

Como era o mundo no primeiro ano que esperamos o CD do Marechal

por

Enquanto tem quem celebre a primeira música que tocou na rádio ou aquela premiação quando ninguém conhece o cara, o RAP Brasileiro às vezes precisa se contentar em completar dez ano desde o primeiro ano que ficamos esperando o CD do Marechal. Pra falar a verdade, a “década” é simbólica. Não existe um registro oficial (não achei pelo menos) de quando o rapper começou a anunciar que lançaria a sua estréia. Um dos pouco indícios que temos é o áudio de um show em 2005, em Belo Horizonte, no Uai Rap Soul. Nele, além de cantar boa parte dos seus sons mais conhecidos, ele já mandava “pense numa coisa melhor pra você, antes de chegar o CD, talvez um dia vai chegar…”. Outro indício sobre 2005, (…)

Fala mais

Música do Criolo representa em campanha contra genocídio dos jovens negros

por

Além de se destacar como um dos melhores clipes do ano passado, entrando inclusive na nossa lista, “Duas de cinco” agora também passou a representar na campanha “Jovem negro vivo”, da Anistia Internacional (assine o manifesto!). A música foi cedida gratuitamente pelo Criolo, que também aparece em uma imagem de divulgação com seu fiel escudeiro DJ Dan Dan e plaquinhas amarelas condenando o genocídio dos jovens negros no Brasil. Pode parecer exagero da minha parte chamar de genocídio, mas, bom, não é. Não é nem um pouco. Dos 30 mil jovens brasileiros mortos em 2012, 77% eram negros. Se isso já não é assombroso o suficiente pra você, acrescente que apenas 8% dos casos foram julgados. O pior de tudo é que (…)

Fala mais

Calix-se que eu to tentando entender o novo clipe do T$G

por

Conhecido como o “clipe que nenhum diretor quis dirigir“, “Calix-se” cumpriu sua promessa de ser polêmico. O novo clipe do Trilha Sonora do Gueto, que acabou sendo dirigido pelo Vras 77, chegou no começo deste mês e tem assunto pro ano todo. E o principal assunto é: que porra que esses caras fizeram? Você começa a ver e é maneirão. O filho sentindo falta do pai que tá preso; o pai confortando o filho da maneira que pode. Trampo lindão, melhor produção deles em um bom tempo. Aí, vem o terceiro ato. O problema. Sozinha, a cena do Cascão metendo de dedo no empresário é clássica. Daquelas cenas que você queria ver à vera, queria que realmente tivesse rolado. Mas, como (…)

Fala mais

Emicida no Jornal Hoje sobre Lingua Portuguesa

“A escola precisa com urgência saber fazer a ligação da linguagem da rua com a da Academia”

por

A relação entre o RAP e a escola sempre foi conturbada. “Problemas com a escola, eu tenho mil”, já rimava Mano Brown milianos atrás. Os motivos são diversos, mas a rigidez da estrutura educacional é provavelmente o mais agravante. O que as crianças e adolescentes aprendem na escola está, na grande maioria das vezes, bastante distante do que eles veem fora dela no dia a dia. Enquanto a sociedade muda a toda hora, a escola, por ter todo um processo burocrático, leva décadas pra se atualizar. A gramática é, talvez, o principal exemplo disso. Imagine o susto de uma dessas crianças ao ter que fazer textos gigantescos sobre temas que elas não se importam com palavras que elas nunca usaram, (…)

Fala mais

Música Inimigos Não Respiram, do Gutierrez

Gutierrez reúne Marechal, Msário, Rashid e Sant no remix da “Inimigos não respiram”

por

Não é um filme do Freddy Krueger, mas se você tá na lista desses caras, deve tá com um puta medo de ir dormir agora. O papo é retíssimo, embora deixemos os nomes de lado pra não causar muito mimimi. Como inimigo é mato, não bastou só uma faixa, já com a parceria do Msário, teve que rolar um remix com reforço de Rashid e Sant. O beat ainda continua nas mãos do Marechal e do Mikimba e a mixagem e masterização com o mestre Luiz Café. O convidado paulista não poupou alvos. Aliás, rolou até uma referência aos jogos de tiro. Foi dali pros “revolucionários” que gritaram pelos franceses do Charlie Hebdo, mas ignoraram um atentado ainda mais brutal na Nigéria, (…)

Fala mais

Batalha do Santa Cruz comemora 9 anos com o que tem de melhor: rimas

por

A Batalha do Santa Cruz, uma das mais respeitadas batalhas de MCs do Brasil, completou 9 anos em fevereiro. Praticamente uma mocinha. Tá tarde pro “parabéns pra você”, mas nada melhor do que comemorar com uns versos. Responsável por revelar inúmeros nomes do RAP paulista, a batalha inspirou suas crias a mandar no local um “Cypher”, modelo de apresentação que tem ganhado bastante popularidade na qual alguns MCs se juntam e cada um manda uma estrofe. Dirigido pelo Jay P, o vídeo reuniu Flow, Helibrown, Gah MC e Guilherme Treeze, além do DJ Colorado, que mandou uns riscos violentos. Ainda teve beat do Bolin e mixagem e masterização do Léo Grijó, também conhecido como metade do Stereodubs. A expectativa é que tenhamos (…)

Fala mais

Trabalhando a base, Renan Inquérito leva o RAP de volta pra CASA

por

“Acho fundamental trabalhar a base”. Não, este não é o famoso discurso do Marighella replicado na música “Mil faces de um homem leal”, do Racionais; é uma fala do Renan Inquérito sobre o seu trabalho na Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA), em São Paulo. Já há algum tempo o rapper leva seus versos e mais especificamente a Parada Poética pra dentro da instituição com a intenção de mostrar um caminho pros jovens. “Ao longo dos anos, o rap se distanciou um pouco desse trabalho, desse encontro com os jovens da Fundação CASA, com os estudantes, com os presidiários e acho que é essencial retomar isso, estabelecer essa conexão, ouvi-los, saber o que pensam e ter essa devolutiva”, disse ele. (…)

Fala mais

DJ Caique solta vídeo-teaser e revela participações de um dos discos mais esperados do ano

por

50 nomes do RAP brasileiro e internacional num mesmo CD. Não, não to falando de uma daquelas coletâneas piratas mirabolantes que costumam pintar por aí; são mais de 30 faixas inéditas e oficiais. Abram alas pra “Coligações Expressivas 3”, o novo disco do DJ Caique. É bem verdade que o trampo ainda não saiu, mas acabamos de conhecer os rappers que farão parte. E a lista é cabulosa. Dexter, Xis, Sombra, Kamau, Slim Rimografia, Rashid, Shaw, Xará, Funkero, Tássia Reis e tantos outros, além de Valete, Sam The Kid, Dealema e Mundo Segundo, os quatro de Portugal, e Kid MC, da Angola. Além do número inacreditável de participações e da felicidade em receber versos inéditos dos mesmos, há ainda uma outra possível qualidade: (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com