Categoria

Graffiti e Pixo

Notícias e informações sobre graffiti e pixo ao redor do mundo.

A convite de graffiteiros, Dexter e Max B.O. visitam galeria a céu aberto

por
Dexter e Max B.O.

Nos dias 21 e 22 de dezembro do ano passado, o Grupo OPNI convidou Dexter e Max B.O a conhecerem a galeria a céu aberto, na Vila Flávia, em São Paulo. O projeto faz parte do “Favela Graffitada”, que tem como objetivo graffitar todos os muros, cantos, vielas e casas, transformando assim o bairro em uma grande galeria de arte urbana. Além de apreciar as obras e saber um pouco mais, os rappers também puderam trocar uma ideia com a comunidade e até mandar um som; tava rolando mó eventão de quebrada mesmo. Originalmente nomeados “Objetos Pixadores Não Identificados”, o Grupo OPNI é atualmente composto por Toddy e Val. Além dos projetos na quebrada natal, também já fizeram artes em parceria com rappers, comerciais e até filmes.

Fala mais

Assista ao documentário “A cultura Hip-Hop vive em Alagoas”

por
Documentário A Cultura Hip Hop em Alagoas

Na última segunda-feira (26), o documentário “A cultura Hip-Hop vive em Alagoas” foi disponibilizado na íntegra no Youtube. Dirigido por ZaZo, o trampo traz mais de 40 entrevistas sobre o movimento no estado, que atua desde a década de 80 denunciando o descaso e exigindo melhorias para o povo das periferias. O filme é uma ótima maneira de mostrar ao Brasil o Hip Hop do norte do país, muitas vezes ofuscado pelo sucesso de artistas do sudeste. A produção é da Kzebre Filmes e Fallin’ Entertainament e a trilha sonora original de Xeque Mate Popular – Hip-Hop.

Fala mais

Graffiti brasileiro protesta contra a Copa e imagem ganha o mundo

por
Graffiti de Paulo Ito retrata a Copa do Mundo no Brasil

A Copa do Mundo de 2014 não terá vida fácil no Brasil. Ainda faltam 16 dias para a competição e o futebol, normalmente o principal foco do evento, parece ser o de menos. Além de toda desorganização estrutural, os protestos estão cada vez mais evidentes. Com as pessoas em massa nas ruas e toda mídia voltada para o país, uma outra arma tem se tornado mais visível: o graffiti. Leia mais: – À la Banksy, pichador(a) protesta pintando máscara no rosto de Neymar; – Os Gêmeos grafitam avião que a seleção brasileira usará na Copa. Depois de publicar uma foto com seu trampo em um portão, retratando uma criança chorando, talheres na mão, enquanto o prato em sua frente está ocupado por uma bola de futebol, (…)

Fala mais

À la Banksy, pichador(a) protesta pintando máscara no rosto de Neymar

por
Grafite do Neymar é pichado (Foto: STRINGER/BRAZIL / Reuters/Ana Carolina Fernandez)

Depois que uma artista plástica carioca mostrou como “hackear” pacotes de figurinhas e pintar uma máscara no rosto dos jogadores, a ação parece ter se estabelecido como protesto oficial contra a Copa. Entretanto, desta vez, o gesto foi bem menos discreto. Um(a) pichador(a) aproveitou graffiti feito em homenagem ao Neymar, no Terreirão do Samba, no Centro do Rio, e o “presentou” com uma máscara, no mesmo estilão das figurinhas já mencionadas. Ele/ela ainda vai além e risca o nome do jogador e faz um xis no símbolo da Nike; ao lado de Cartola, que também é homenageado no espaço, picha algo que parece ser um “foda-se a Copa”. Embora não saibamos exatamente a política do lendário Banksy sobre fazer uma intervenção urbana em um espaço já (…)

Fala mais

Os Gêmeos graffitam avião que a seleção brasileira usará na Copa

por
Os Gêmeos grafitam avião da Seleção (Foto: Junior Lago)

Pra quem é fã da arte, a Copa do Mundo de 2014 já começa a dar bons frutos. Jogadas sensacionais e golaços? Que nada, o graffiti d’Os Gêmeos é, provavelmente, a coisa mais bonita que veremos no evento. Em parceria com a Gol, Otávio e Gustavo Pandolfo deixaram uma marca de imensa expressão na fuselagem do Boeing 737 da companhia; o avião será usado pela seleção brasileira, mas também fará parte da frota diária. Com todo um trabalho especial feito pela equipe de engenheiros para fazer a tinta aderir à pintura, o graffiti deverá permanecer por dois anos. “Neste tempo pelo menos uma vezinha tem que dar”, diz Gustavo ao UOL sobre a possibilidade de voar na aeronave. Esta foi a primeira vez que (…)

Fala mais

Com volta oficial do RZO e palco exclusivo, RAP estremecerá a Virada Cultural de SP 2014

por
Virada Cultural de São Paulo

Nesta quarta-feira (7), finalmente foi anunciada a programação completa da Virada Cultural de São Paulo, que acontece nos próximos dias 17 e 18 de maio. Depois das 30 atrações do Hip Hop Brasileiro no ano passado, com destaque para a volta do Racionais ao evento, o RAP marca presença com tudo para 2014 e ganhou até um palco exclusivo, o “Cásper Líbero”. A relação turbulenta com a organização, depois do que aconteceu em 2007, quando um confronto da polícia com os fãs manchou o show do grupo de Mano Brown e companhia, parece ter sido deixada de lado. Aliás, o evento deste ano ainda marcará um momento histórico do gênero: a volta do RZO! Tudo bem que os caras já se (…)

Fala mais

Lugares abandonados pelo mundo encontrados pelo graffiti

por
Graffiti em local abandonado em País de Gales

Qualquer centro urbano do mundo que se preze possui intervenções artísticas. Aquela fachada de prédio cinza ou um muro que precise de uma corzinha especial. Talvez você tenha encontrado um artista através do Color+City ou foi surpreendido por alguém como Banksy, mas a ideia é que seus olhos tenham um descanso de todo aquele cinza, que muito bem retratou o filme “Cidade cinza”, sobre SP. Mas, o “centro urbano” nessa equação é apenas um detalhe; com um pouco de criatividade, qualquer área pode inspirar arte. E, no caso do graffiti, além de criatividade, um pouco de tinta também. Abaixo você confere algumas imagens de lugares abandonados pelo mundo que foram encontrados por criativos artistas de rua, embora nem a rua apareça (…)

Fala mais

Veja em vídeo como foi celebrado do “Dia do Graffiti” no Bixiga, em São Paulo

por
Dia do Graffiti no Bixiga, em São Paulo, em 2014

Na última segunda-feira (7), a Soul Art divulgou um vídeo gravado no bairro do Bixiga, em São Paulo, no último dia 30, quando a localidade comemorava o “Dia do Graffiti”. Oficialmente, o dia é celebrado em 27 de março, mas nada melhor do que um domingão pra reunir a família na rua pra um evento de quebrada. Em sua 8ª edição, o “Dia do Graffiti do Bixiga” contou com shows de Zebrabeat (part. Di Melo), Sombra e Bixiga 70, além de artistas de rua pintando, capoeira da Bela Vista, Sarau Suburbano Convicto e a bateria mirim da Vai-Vai.

Fala mais

Grafiteiros colorem pilastras do metrô e realizam 2º Museu Aberto de Arte Urbana (MAAU)

por
Grafite - 2º Museu Aberto de Arte Urbana em São Paulo

Quem passar pelas pilastras de sustentação da linha azul do metrô na estação Carandiru, na Zona Norte de São Paulo, ficará impressionado(a) com o novo colorido do local. Sob a curadoria de Binho Ribeiro e Chivitz, mais de 20 grafiteiros expuseram suas obras no que é considerado o 2º Museu Aberto de Arte Urbana (MAAU); o primeiro foi realizado em setembro de 2011. “Este projeto tem uma característica mais urbanista e social. Não buscamos só grandes artistas, mas também os jovens que estão buscando espaço”, explicou Binho ao G1. Além dele, o próprio Chivitz, Dalata, Caps, Magrela, Enivo, Mauro, Pqueno, Alopem, Dask, ZN Lovers, Sliks, Desp, Coletivo ZN, Feik, Cranio, Minhau, Inea, Biofa, Caze, Zéis e Alex Sena estão entre os artistas participantes. (…)

Fala mais

Grafiteiro presenteia cidade de São Paulo com muro do Racionais

por
Mano Brown visita grafite em homenagem ao Racionais no Capão

No próximo sábado (25), a cidade de São Paulo completará 460 anos e o grafiteiro Eduardo Kobra tem um presente especial: um muro em referência ao Racionais. Para o local, o artista escolheu nada menos do que a comunidade Vila Fundão, tão referenciada nas letras e aparições de Mano Brown; a parede (abaixo) tem 14 metros de comprimento por 7,5 de altura e fica em frente ao metrô Capão Redondo. Kobra, que já grafitou muros pelo mundo todo, escolheu começar seus trabalhos de 2014 na periferia de São Paulo, onde tem suas raízes. A escolha do Racionais como referência é quase uma retribuição. “Eles tiveram grande importância na minha formação artística”, contou ao Terra. Nesta quinta-feira (23), Mano Brown visitou o local (…)

Fala mais

Campanha usa grafite para alertar adolescentes contra a violência doméstica

por
Campanha Graffiti Pelo Fim da Violência Doméstica

Nos últimos dias, os noticiários chamaram a atenção para o aumento da violência contra a mulher em diversas cidades do país. Embora a Lei Maria da Penha tenha sido criada especificamente para diminuir tais ocorrências, sua execução não parece das mais satisfatórias. Também pudera. Não será uma lei e alguns poucos anos que mudarão toda uma sociedade, principalmente quando falamos em pessoas com certas mentalidades já formadas. Para tentar mudar isso, em novembro do ano passado, foi lançada a “Graffiti Pelo Fim da Violência Doméstica”, que visa utilizar o grafite para conscientizar os adolescentes. “As pesquisas mostram que a grande parte das vítimas e agressores da violência doméstica tem acima dos 24 anos. Estamos trabalhando com os jovens de 15 (…)

Fala mais

PMs que mataram pichador com tiro nas costas são liberados

por
Protesto contra pichador morto pela PM

Há quase 4 meses, em 23 de setembro, Richard Vinícius David, de 21 anos, foi morto por um tiro nas costas, disparado por um Policial Militar, em São José dos Campos/SP. O jovem pichava um muro na Vila Tatetuba, zona leste da cidade, quando foi abordado por três PMs. De acordo com os policiais, David e seu primo, que o acompanhava, resistiram a prisão e tentaram fugir. “Ele ficou muito agitado, revoltado e achava que nada ia acontecer com ele. Agora caiu a ficha dele e decidimos tirar ele daqui”, disse Elizete, mãe de David, ao O VALE sobre seu sobrinho, que conseguiu sair ileso. Tanto a Polícia Civil quanto a Polícia Militar estão investigando o caso. Até o momento, quase 4 meses depois, (…)

Fala mais

Primeiras grafiteiras do Afeganistão marcam destroços da guerra com mensagens contra opressão

por
Grafite de Shamsia Hassani

Aproveitando-se principalmente de muros e prédios destruídos pela guerra, Shamsia Hassani e Melina Suliman, as primeiras grafiteiras do Afeganistão, colorem as ruas com mensagens de luta e liberdade. Se aqui no Brasil o grafite já enfrenta inúmeras dificuldades perante as autoridades, é difícil imaginar o que essas duas mulheres devem passar para conseguir colocar sua arte nas ruas. Embora possuam estilos diferentes, as duas iluminam, de forma brilhante, o fim do túnel do país marcado por conflitos, intervenção, guerra e extremismo religiosos. Vi no Catraca Livre.

Fala mais

Projeto de Lei pretende “liberar” o grafite em São Paulo

por
Grafite d Os Gemeos na Avenida 23 de maio em São Paulo

Para os fãs da cultura Hip Hop, o que Projeto de Lei nº 840/2013 pretende poderia ser considerado irrelevante, pois ninguém duvidaria de seu valor cultural como manifestação artística. Entretanto, para as autoridades (neste caso, de São Paulo) a medida é necessária e pretende lutar contra a “política do cinza” vigente; curiosamente, a equipe do filme “Cidade cinza” recentemente também criou um abaixo-assinado para tal finalidade. A grande diferença é que o Projeto de Lei, de autoria do vereador Nabil Bonduki, tem um caráter muito mais oficial perante as leis. Até o momento desta publicação, das 15 mil assinaturas necessárias, 14 mil já haviam sido alcançadas. Como pontos principais, o projeto permitiria a prática do grafite, desde que não publicitário e não (…)

Fala mais

“Cidade cinza” cria abaixo-assinado contra “política do cinza” na cidade de São Paulo

por
Filme Cidade Cinza

Nesta terça-feira (3), a equipe do filme “Cidade Cinza” criou um manifesto contra a “política do cinza” imposta pela prefeitura na cidade de São Paulo. A ação alimenta exatamente a questão promovida pelo documentário: a atitude das autoridades locais em apagar os grafites, uma arte que nasce de um fenômeno sociocultural genuíno e é vista em boa parte do mundo como uma revitalizadora de locais danificados. Destinada ao prefeito Fernando Haddad e a toda prefeitura, a petição, que está há poucas horas no ar, já ultrapassou a marca das 700 assinaturas. – Saiba mais e assine a petição. – Assista ao trailer do filme que tem trilha sonora do Criolo; – Criolo lança clipe “Doum” com imagens de “Cidade cinza”, filme sobre o (…)

Fala mais

Filme “Cidade cinza” quer mapear muros que tiveram grafites apagados em São Paulo

por
Filme Cidade Cinza

Na última sexta-feira (22), estreou em 8 cidades do país o filme “Cidade cinza”, que mostra obras de artistas como Os Gêmeos, Nunca e Nina, além de todo debate com a prefeitura paulistana. Para reforçar ainda mais a crítica, a página do filme no Facebook e o site Instagrafite estão mobilizando a população para enviar fotos de muros que tiveram seus grafites apagados pela cidade. A ação mostra exatamente o que é discutido no documentário: a maneira como a prefeitura lida com a arte e “cala os artistas” que querem apenas dar um respiro à cidade sempre tão cinza. – Assista ao trailer do filme que tem trilha sonora do Criolo; – Criolo lança clipe “Doum” com imagens de “Cidade cinza”, (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com