Categoria

Conhecimento

Uma parte de todo conhecimento necessário a qualquer membro da cultura Hip Hop.

Música do Criolo representa em campanha contra genocídio dos jovens negros

por

Além de se destacar como um dos melhores clipes do ano passado, entrando inclusive na nossa lista, “Duas de cinco” agora também passou a representar na campanha “Jovem negro vivo”, da Anistia Internacional (assine o manifesto!). A música foi cedida gratuitamente pelo Criolo, que também aparece em uma imagem de divulgação com seu fiel escudeiro DJ Dan Dan e plaquinhas amarelas condenando o genocídio dos jovens negros no Brasil. Pode parecer exagero da minha parte chamar de genocídio, mas, bom, não é. Não é nem um pouco. Dos 30 mil jovens brasileiros mortos em 2012, 77% eram negros. Se isso já não é assombroso o suficiente pra você, acrescente que apenas 8% dos casos foram julgados. O pior de tudo é que (…)

Fala mais

Mulheres que mudaram o mundo: o que a escola nunca me ensinou

por

Quando eu tava na escola, lembro de pensar que os homens eram muito mais criativos e as mulheres muito mais focadas, organizadas. Baseava parte do meu pensamento no fato de sempre falarmos de Einstein, Benjamin Franklin, Santos Dummont e tantos outros responsáveis por descobertas que mudaram o mundo; revolucionários como Gandhi, Luther King Jr., Malcolm X, Mandela e tantos outros que pensavam além do que a sociedade mandava também reforçavam isso. Entretanto, esse pensamento contém dois erros gravíssimos. O primeiro é que, obviamente, existem inúmeras mulheres nas cabeças de movimentos revolucionários e inventoras de importantes objetos e tecnologias. Por algum motivo, a maioria delas nunca é mencionada nas escolas, diferentemente dos homens que aparecem sempre na vanguarda. Aliás, muitas destas são vistas (…)

Fala mais

Foda-se a Cone Crew, mas uma pessoa não pode ser presa por plantar/fumar maconha

por

Há alguns dias, já deve fazer umas duas semanas, o Cert, aquele integrante da Cone Crew Diretoria que não tem CPF, ou não tinha até pouco tempo atrás, foi preso como traficante por cultivar maconha em casa. Ele ainda está preso. Muita gente vê essa questão como “é da Cone, tem que se foder mesmo” e só por não gostar do grupo acaba defendendo o que foi feito. Foda-se quem é o cara e o grupo que ele pertence, esta é uma questão muito maior que ambos. Por quê? Simplesmente porque a guerra às drogas é inútil e come uma imensa parte da grana que poderia ser usada, não sei, pra combater a corrupção quem sabe. A guerra à maconha (…)

Fala mais

Banksy quer mostrar destruição em Gaza ao mundo: “na Internet, só prestam atenção em gatinhos”

por

Banksy já provou inúmeras vezes que não só é um graffiteiro incrível e um ativista de mão cheia, mas também um dos caras mais sarcásticos em sua arte (o que é possivelmente o que o torna tão efetivo como ativista). Em sua nova ação, o inglês foi à Gaza deixar sua marca nos destroços. Perguntado por um homem local sobre o significado de um de seus desenhos (um gato branco aparentemente em vias de lamber sua pata), ele respondeu que gostaria de mostrar ao mundo a destruição na cidade através de fotos em seu site. “Na Internet, as pessoas só prestam atenção em imagens de gatinhos”, teria dito. Banksy ainda foi além e disponibilizou um mini-documentário sobre a sua visita. (…)

Fala mais

Escola é proibida de ensinar Hip Hop x Ensino de péssima qualidade

por

Esses dias li no Bocada Forte que uma escola nos Estados Unidos recebeu um aviso porque um professor tava usando nas aulas uma letra do Rage Against the Machine e o texto “Introdução ao Hip Hop”, do KRS-One. O diretor da escola foi ameaçado com um corte de 10% da grana que o Estado manda pro distrito local, caso não tirasse os itens em questão da aula. De acordo com a notificação, eles “promovem a derrubada do governo dos Estados Unidos”, “promovem ressentimentos a uma raça ou credo”, além de outras questões não citadas. De acordo com o Mashable, a mesma escola já havia sido proibida, em 2010, de continuar o seu programa de estudos étnicos mesmo que um estudo da Universidade (…)

Fala mais

Martin Luther King Jr. no filme Selma

Selma: muito além dos discursos de Martin Luther King Jr.

por

Ouvimos falar muito pouco sobre Martin Luther King Jr. no dia a dia e mesmo quando há alguma coisa é quase que sempre uma frase de efeito ou um de seus famosos discursos. Palavras podem realmente inspirar e mudar vidas, mas quase nunca vemos qualquer coisa sobre suas ações. É bem verdade que isso provavelmente aconteça por uma comparação, às vezes até involuntária, com Malcolm X, que era muito mais ação do que qualquer outra coisa. Por isso, acho “Selma” tão importante. Embora tenham sido raras as vezes que li alguém depreciar MLK por não ter se engajado em certos atos, acredito ser fundamental essa profundidade que  o filme dá sobre as suas atitudes. Ele não tinha apenas visão e um poder (…)

Fala mais

Je Suis Charlie não esqueçam Boko Haram

À la ebola, mundo “ignora” ataque terrorista de incontáveis mortes na África

por

Como aconteceu no caso do vírus ebola, que chegou à conta de 8 mil mortes, o mundo parece ignorar o ataque terrorista que matou inúmeros no início de janeiro, na Nigéria. É verdade que depois de algum tempo a epidemia passou a ser noticiada com certa frequência, mas muitos acreditam que isso ocorreu apenas pela possível propagação para países de primeiro mundo, como acabou ocorrendo. Quanto ao massacre causado pelo Boko Haram, existe ainda um fato adicional: tudo aconteceu na mesma época do atentado ao jornal francês Charlie Hebdo, que resultou na morte de 12 funcionários. Se a expressão “Je Suis Charlie” (“Eu sou Charlie”) é uma das mais comentadas dos últimos tempos em qualquer meio, o mesmo não se pode (…)

Fala mais

Jovem do Capão Redondo é aprovado em faculdade dos EUA

Do Capão Redondo pro mundo, jovem é aprovado em faculdade dos EUA

por

“Os jovens podem sonhar mais alto” não é uma frase genérica para Gustavo Torres da Silva, de 17 anos. Morador do Capão Redondo, bairro da periferia de São Paulo com alto índice de criminalidade, o jovem acaba de ser aceito na faculdade de Stanford, nos Estados Unidos. Contrariando as estatísticas e o preconceito, Gustavo sempre acreditou na educação como melhor caminho e espera também influenciar outros adolescentes da periferia. “Sei que a minha conquista vai gerar um impacto. Conheço gente de lá com muito potencial”, disse ele ao G1. “O sonho que tenho desde pequeno é criar uma empresa de tecnologia que possa gerar benefício social, fazer a diferença e poder mudar o mundo.” Mesmo ainda um pouco distante da realização, (…)

Fala mais

Natal com livros, da Cooperifa

Cooperifa promove “Natal com livros” e distribui 7 mil exemplares na quebrada

por

No último domingo (14), a Cooperifa promoveu o “Natal com livros” distribuindo 7 mil exemplares no Largo de Piraporinha, em São Paulo. Idealizada pelo poeta Sérgio Vaz, a ação dá um empurrãozinho pras pessoas criarem o costume da leitura e compensa pela dificuldade em comprar livros, principalmente pelo preço. “A gente descobriu que as pessoas têm um monte de desculpas pra não ler; uma delas é que o livro é caro. Então, a gente resolveu dar os livros de presente. Pelo menos essa desculpa não vai ter mais”, comentou o poeta à reportagem do Bom Dia Brasil, da Rede Globo. – Assista ao vídeo da matéria no Bom Dia Brasil. E esta é apenas mais uma das ações da Cooperifa na (…)

Fala mais

Nelson Mandela

Tá na dúvida? O próprio Nelson Mandela explica a expressão “Ubuntu”

por

Emicida anunciou na última semana que o próximo álbum já tá saindo do papel e será inspirado em uma turnê que fará pela África. Faz sentido, afinal, a cultura africana tá presente de forma imensurável na cultura brasileira. Mas, o rapper vai além e dá ao trabalho um nome 100% local: a expressão “Ubuntu”, que não tem tradução exata pra nossa língua. Entendida como “Eu sou porque nós somos”, a palavra já aparece sempre nas suas publicações online e até no título de uma de suas faixas recentes. Se a simples definição não foi suficiente pra você entender, não se preocupe, convidamos um especialista pra explicar. Considerado a personificação do Ubuntu, o lendário Nelson Mandela, falecido em 2013, contribui pra (…)

Fala mais

Racionais no clipe Mil Faces de um Homem Leal

Clipe do Racionais marca ato em memória aos 45 anos do assassinato de Marighella

por

Nesta terça-feira (4), completa-se exatos 45 anos da morte de Carlos Marighella, um dos principais representantes da luta contra a ditadura militar. Em lembrança ao guerrilheiro, foi realizado ontem (3) um ato no teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Além da presença e dos discursos de parentes e militantes que lutaram ao lado do ex-líder da Ação Libertadora Nacional (ALN), também foi exibido o clipe da música “Mil faces de um homem leal”, criada pelo Racionais para o documentário “Marighella”. “A periferia jovem da cidade de São Paulo, de todo o Brasil, por ser jovem está um pouco desconectada. Mas, eu acho que Marighella é uma inspiração para todos nós e é inclusive inspiração para essa parcela da população (…)

Fala mais

Adolescente da Fundação Casa é finalista em concurso de poemas

Poema de jovem da Fundação Casa chega à final da Olimpíada de Língua Portuguesa

por

Em meio a uma sociedade que parece lutar para diminuir a maioridade penal, felizmente ainda encontramos histórias que mostram a brutalidade de tal tentativa. Tudo bem que a Fundação Casa não é o lugar perfeito para reabilitação dos jovens, mas ainda assim é inúmeras vezes melhor que depositá-los em cadeias onde não completarão seu desenvolvimento e provavelmente aprenderão coisas bem piores do que se propunham até então. Um adolescente de 17 anos provou isso recentemente na Olimpíada de Língua Portuguesa que foi promovida pelo Ministério da Educação e pela Fundação Itaú Social e envolveu alunos de escolas públicas de todo o país. Depois de uma eliminatória com 53.706 textos e uma semifinal com 125 participantes, ele chegou entre os 38 finalistas na categoria “Poema”, (…)

Fala mais

Feliciano e Bolsonaro

O gigante acordou? Congresso eleito é o mais conservador dos últimos 50 anos

por

Se o gigante havia de fato acordado durante os protestos de junho de 2013, pode-se garantir que hoje ele já está de volta em sono profundo. Depois de inúmeras manifestações pelas ruas, o Brasil elegeu, no último dia 5, o Congresso mais conservador pós-1964. A informação é do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), que atribui o novo status ao aumento de militares, religiosos, ruralistas e outros segmentos mais ligados ao conservadorismo. Se você pensou no ex-militar Jair Bolsonaro e no pastor Marco Feliciano como exemplos, parabéns. Os dois foram eleitos com quantidades significativas de votos e é bem provável que ajudem a manter temas como aborto, casamento entre pessoas do mesmo sexo, descriminalização das drogas, entre outros liberais, na gaveta. “Posso afirmar (…)

Fala mais

Mykki Blanco, por Terry Richardson

“Ser bicha no RAP”, por Bicha Nagô

por

Há algumas semanas, um texto sobre a homossexualidade no RAP, um tema que, infelizmente, quase nunca é comentado, foi bastante compartilhado nas redes sociais. Guardei ele nos favoritos do navegador e, assim que consegui lê-lo, senti a necessidade de utilizar o Vai Ser Rimando pra amplificar a importante mensagem. Não vou comentá-lo porque o texto já é completo por si só, apenas gostaria de ressaltar minha tristeza em mais uma vez perceber a profundidade dos preconceitos que existem numa cultura fundamentada para quebrá-los. Retirei o texto na íntegra do tumblr Bicha Nagô sem a autorização dx donx, visto que não há um meio de contato com tal. Espero que não haja problemas e que o caráter de difusão do conteúdo (…)

Fala mais

Estudante colore personagens da Turma da Mônica

“Estou cansado de só ver personagens brancos”, afirma estudante que coloriu a Turma da Mônica em prova

por

“Eu tenho orgulho da minha cor, do meu cabelo e do meu nariz. Sou assim e sou feliz”, já cantava o Criolo na música “Sucrilhos”, do aclamado “Nó na orelha”. Pode parecer coisa pouca, mas reafirmar a beleza em características não-brancas nunca foi fácil pra nossa sociedade. Se não se sentir à vontade por estar fora do padrão de estética cultuado pelos principais canais de comunicação é normal em adultos, imagina nas crianças que, teoricamente, não entendem muito bem o que isso significa e acabam apenas seguindo o que veem? Por sorte, ainda existem esperançosas exceções. Ao terminar a prova, Cleidison de Sena Coutinho (10), aluno do 5º ano da Escola municipal Professora Irene da Silva Oliveira, em Nova Iguaçu, (…)

Fala mais

filme Mentes Perigosas

13 filmes que ajudam a debater o racismo no ambiente escolar

por

O Brasil vive, talvez, um dos momentos mais cruciais de sua história para o debate sobre as questões raciais. Os seguintes casos de racismo que se tornaram manchetes nacionais – como o mais recente do goleiro Aranha – começaram a arranhar a ilusão da igualdade que o País tanto defendia. A própria ONU bateu de frente com o mito da igualdade racial propagado por aqui ao divulgar um relatório declarando que “O Brasil não pode mais ser chamado de uma democracia racial”. Embora a realidade seja vista e vivida por muitos e não seja preciso mais do que algumas pesquisas e um pouco de senso crítico para percebê-la, o momento é de debater e quebrar a barreira ilusória de uma vez (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com