É difícil encontrar alguém no Brasil que esteja satisfeito com a maneira que a educação é conduzida por aqui. Quando, por um milagre, uma instituição de ensino apresenta estrutura e professores qualificados, ela ainda bate nos preconceitos e burocracias que regem a docência.

As coisas só não estão ainda piores porque existem organizações não-governamentais atuando nas inúmeras brechas do governo na tentativa de amenizar os prejuízos. Organizações estas formadas por pessoas muito parecidas com o Diego Macedo.

Defensor da ideia de que a educação deve ser livre e não presa a instituições, ele resolveu aproveitar seus conhecimentos em filosofia e psicologia pra levar ensino gratuito às pessoas, de todos os jeitos, em todas as partes. Uma verdadeira “Escola de rua”.

Diego pode ser visto com uma plaquinha com os dizeres “Professor de filosofia” na grande maioria dos lugares públicos, desde filas de Prato Feito até parques, praças e metrôs. Os temas que surgem na interação com os pedestres são os mais variados possíveis, muito longe de qualquer rédia do MEC.

“O que tenho observado é que as pessoas gostam de receber conhecimento e em qualquer lugar. E hoje no metrô falando com as pessoas, percebia que mesmo com a pressa de saltar de uma estação a outra, as pessoas tinham interesse em aprender e compartilhar”, escreveu em seu blog, no qual registra suas experiências.

Em setembro, ele abriu um financiamento coletivo para manter a “Escola de rua”. A ideia era não pedir um valor específico, mas deixar claro que a cada cem reais alcançados, um dia da ação era custeado. As doações eram feitas em troca de agradecimentos no site,  vídeo-aula, workshop e algumas coisitas mais.

Para a felicidade de todas as pessoas ávidas por conhecimento espalhadas pelo País, o projeto arrecadou R$5.335 e garantiu sua existência por pelo menos mais dois meses. Mais de 6 meses depois, o blog continua firme e forte na missão de espalhar mais esta incrível ideia.

Não perca mais nenhum post!

Qual a sua opinião?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*