Nesta quarta-feira (24), faz exatamente 10 anos da morte do Sabotage e as homenagens foram inúmeras. O +Soma aproveitou para conversar com o produtor Daniel Ganjaman sobre o CD “RAP é compromisso”, primeiro e único do “Maestro do Canão”, lançado em 2010.

Mais sobre o Sabotage:
– 23 coisas que você não sabia sobre o Sabotage;
– 12 versos do Sabotage que você nunca tinha lido;
– Assista ao doc “Sabotage Nós” e conheça a caminhada do “Maestro do Canão”.

Entre as mais diversas informações, Ganjaman confidencia que Sabota não era muito bom em fazer refrão e que muitas vezes o Helião, do RZO, é quem o trazia. O produtor também comenta como o rapper lidava com as gravações e sua posição no tráfico de drogas, visto que, no começo, Sabota fazia os dois ao mesmo tempo.

Era um cara que tinha muito essa preocupação, provavelmente porque ele já sabia que a parada dele, você não sai do crime de uma hora pra outra, e foi o que aconteceu, o crime buscou ele. A gente sofreu muito, foi algo muito pesado, naquela época ele era um dos meus melhores amigos e musicalmente havia uma expectativa foda na parada.

Veja o faixa a faixa completo no site do +Soma.

Não perca mais nenhum post!

Qual a sua opinião?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*