*O show de Slim Rimografia e Thiago Beats, em Blumenau/SC, aconteceu no Boteco Marechal, no dia 6 de agosto. A noite ainda teve os DJs Nathan Romanos e Andre Heat, e o MC Paulista. Antes de ler este post, aconselhamos a leitura de “Slim Rimografia e Thiago Beats em Blumenau – Aquecimento.

Um dos melhores shows de RAP que já vi. Eu sei que pra escrever alguma matéria, você precisa “deixar o melhor pro final”, deixar aquela opinião decisiva pro fim, criar um suspense pra fazer com que seu leitor leia tudo, mas… não deu pra segurar: foi um dos melhores show de RAP que já vi, mesmo!

A noite do RAP começou com MC Paulista, residente da casa, cantando algumas de suas músicas. Depois juntou-se a ele o rapper Gilly, do grupo Efeito Constante. Ensaiados, os dois fizeram uma boa apresentação, enaltecendo ainda mais o momento do RAP Blumenauense. Os MCs aqueciam os ouvidos dos presentes para o RAP que viria a seguir.

Gilly e Paulista - Show em Blumenau
Gilly, do grupo Efeito Constante, e MC Paulista. Foto: Andrey Silva

Boteco Marechal tava bonito, com muito mais pessoas do que eu esperava. Claro que, provavelmente, algumas dessas pessoas não estavam lá pelo Slim e Thiago, não sabiam do show, mas tenho certeza que procurariam pela dupla no dia seguinte.

Slim Rimografia e Thiago Beats fizeram muitos mais do que uma apresentação: foi uma performance completa, como eu nunca tinha visto. De “Din-din-don, RAP é o som”, passaram pelos beat boxes insanos de Thiago Beats e chegaram na qualidade lírica e flow foda de Slim Rimografia. Ou seja, uma performance completa!

Slim Rimografia em Blumenau
Slim Rimografia. Foto: Andrey Silva

Detalhe: Thiago Beats me disse que tava doente e teve que cortar uma boa parte dos beat box que havia preparado. Quase inacreditável tendo visto e ouvido o que ele já tinha feito naquela noite… imagina se não tivesse doente!

Normalmente, um DJ acompanha o rapper nos shows. No caso de Slim e Thiago, um cantava e o outro servia como um apoio vocal. Mas o que me deixou de cara foram os freestyles do Slim Rimografia com beats feitos na hora pelo Thiago Beats direto da MPC, ali mesmo no palco. Incrível!

Thiago Beats em Blumenau
Thiago Beats soltando as batidas. Foto: Andrey Silva.

A música “Por Você” é, provavelmente, a mais famosa do Slim. E foi muito bonito ver uma boa parte do público cantando junto com ele, mesmo ela sendo um pouco mais antiga. Depois, todos “vagabundos” vieram junto na “Falido”, que pra mim é uma das melhores letras do rapper. Mas, a música “Ela é zika” foi um show a parte: a música já é foda, com o público cantando em coro então, ficou… zika, né!? E foram muitas outras, enfim, uma performance completa, lembram?

Depois do show, depois de Slim e Thiago tirarem fotos com quem chegasse e venderem alguns cds, presenciei uma das cenas mais marcantes do RAP em Blumenau: Slim Rimografia e Thiago Beats cantando com MC Jack, já nos bastidores. O MC, que agora reside em Blumenau, conversou com eles sobre a situação do Hip Hop na cidade e cantou uma das suas. Mesmo eu, que não conheço muito o RAP das antigas, senti a positividade, o sentimento de aquele era um momento marcante. E eu marquei.

Slim Rimografia e Thiago Beats poderiam ter feito o show, ido embora e pronto. Mas não, eles estavam em sintonia, não só um com o outro, mas com o público. Deu pra ver no rosto deles que eles estavam se divertindo e queriam que o público viesse junto. Conseguiram! Foi um daqueles shows onde se vai com o pensamento de escutar umas músicas boas e sai com a certeza de que o RAP de qualidade vive forte no Brasil. E mais, mostram que os rappers evoluíram junto com o gênero. Slim Rimografia e Thiago Beats deram uma aula de presença de palco e performance, divertiram o público, entreteram, passaram a mensagem de sua arte. Enfim, o show de Slim Rimografia e Thiago Beats foi um show!

E se algum dia eles foram “falidos, fudidos e mal pagos”, hoje podemos dizer que são “ouvidos, bem vistos e impagáveis”!

Quer ver mais fotos? Acesse a página da Black Marshal no Facebook!

#vaiRAP

Não perca mais nenhum post!

Qual a sua opinião?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*